Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(DECLARAÇÃO DE AMOR)

É cedo?
É tarde?
Não importa.
Preciso falar
o que em meu peito arde:
pela primeira vez na vida,
vejo cores que nunca vi antes,
ouço sons inauditos,
sinto perfumes redivivos,
toco nas mãos de uma divindade.

Pela primeira vez na vida.

Por isso, não sei como me sinto,
não sei se sofro ou se rio,
se grito ou se me calo de vez
e guardo o tesouro
no mais profundo de mim.

Tenho medo de teu desprezo,
tenho medo que me rejeites.
Terei medo também
se me aceitares.
O que farei
se me estenderes a mão?
O que é beijar a tua boca?
Como devo te abraçar?

Tudo é novo
na aventura de te amar!

E eu amo
pela primeira vez na vida.
É em ti
que deposito minha esperança
de ser feliz...



Viviane Rolando
Enviado por Viviane Rolando em 08/02/2007
Código do texto: T373732

Comentários

Sobre a autora
Viviane Rolando
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 46 anos
172 textos (9181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 11:02)
Viviane Rolando