Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou tua.

Iolanda Brazão

Já fechei os olhos
Imaginando sentir teu calor
Em um corpo que não era o teu
Já beijei outra boca
Imaginado beijar a tua
Para sentir o  teu sabor
Ainda assim, nada senti
Apenas me agredi
Uma sensação de angustia sentiu meu corpo
Ao deixar outras mãos tocarem
Um corpo que é teu
Uma boca que é tua
Mas só assim descubro
Que não posso ser  de outro alguém
Porque de fato sou tua
Meu coração  a ti pertence
Meu corpo por já ser teu
Não aceita, mas outro bem!
Alimenta-se deste amor imaginário
Que  dentro em mim é real
Que é sobrenatural
Que hoje não quer ser mais violado
Que espera pelo grande momento
De sentir seu amor verdadeiro
Sentir o calor do teu corpo
O sabor de teus lábios
O toque de tuas mãos
Que não para de pensar
Em ti um só momento
Que chora
Que ri
Com cada palavra de amor ouvida
Que se sente atrevida
De tanta emoção
Que delira
Que viaja
Sonha de olhos abertos
Sente  falta
Reclama
E que por isso
Já não pode viver sem ti.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 12/02/2007
Código do texto: T378618


Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
346 textos (33067 leituras)
3 áudios (634 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/04/21 06:28)
Iolanda Brazão