Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paraíso

Na cerne,
mistério e carne,
nos cascos;
frágeis asas se arrastam.

De viés,
fugazes e acesas
as rosas
partem o coração.

À margem,
o paraíso me espera:
essa música que nunca cessa.

Na dunas,
no centro,
nas bordas
a tarde ecoa celeste.

E lágrimas no céu
incessantes
escorrem
como borboletas tatuadas
nas janelas.

À procura dos instantes,
a pele líquida:
sexo e alma.

Pérolas sobre penumbras e risos.

(Verônica Partinski)



Verônica Partinski
Enviado por Verônica Partinski em 24/02/2007
Reeditado em 31/10/2007
Código do texto: T392118

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Verônica Partinski
São Paulo - São Paulo - Brasil
377 textos (13285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 12:53)
Verônica Partinski