Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

hoje quero, e vou.


Hoje vou, e quero.
Gritar cantar, recitar, falar enfim.
Dizer ao mundo, que voltei.
Para ficar, buscar, e, encontrar.
O que perdi, para o passado.
Minha infância, minha juventude.
Mas, não as quero de volta.
Apenas quero, vivê-las um pouquinho.
Só um pouquinho, nada mais.
Se assim, o, Senhor me permitir.
Vou sorrir, brincar dar cambalhotas.
Fazer coisas que á muito não faço.
Perturbar a filha da vizinha.
Minha primeira namorada.
Que na minha juventude.
Foi companheira, foi amiga, irmã.
Nós éramos um só, nos bailes e festas.
Nós sempre éramos os primeiros.
Também os últimos, para a tristeza dos pais.
Que passavam a noite, á nos cuidar.
Para que nada fisessemos, de errados.
Será? Que nós éramos comportados.
Bem? a verdade, ninguém jamais saberá.

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 31/07/2005
Código do texto: T39257
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (154963 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 10:44)
Volnei Rijo Braga