Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0978 - Desejos de amar



 

 

Deixo o pensamento correr até você,

e volto, e volto a sonhar,

não quero a realidade, preciso de ação.

 

 

Sei que o amor está onde encontrá-la,

vou ter sorte, falta um tempo curto,

não direi adeus, não desta vez.

 

 

Tenho que inovar coisas da minha vida,

mudar os sentidos que me enlouquece,

falta gritar, falta coragem pra falar de amor.

 

 

Vem, chega inesperada como o vento,

mostre-me como podemos ser sem limites,

traz os desejos, fazê-los reais não é desafio.

 

 

Vou colher o gozo que escorre da sua alma,

saborear seu corpo como nunca sentiu,

fazer durar um para sempre sem dúvidas.

 

 

Qualquer homem é capaz de sonhar,

como eu, outro não vai lhe dar felicidade,

não sou obrigado a nada, só te amar.

 

 

01/03/2007

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 01/03/2007
Código do texto: T397699
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
4429 textos (120785 leituras)
1 e-livros (169 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 23:16)
Caio Lucas