Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ternas lembranças



Ternas lembranças
Levam às membranas
De meu cérebro amortecido
Sonhos esvaecidos
Amores esquecidos
Escondidos em algum lugar.
Ah! parceiro hipocampo
Vejo  verdes campos
Vejo estrelas que refletem
O brilho daquele olhar.
Quando a massa cinzenta,
amiga solidária,
  alimenta-se
de fantasias, sonhos
faz-me recordar...
Vejo a ameixeira florida
Ouço o insubordinado vento
Despetalando suas flores
Desfazendo  amores
De doce sabor singular.
Quando a massa cinzenta
 alimenta-se
de  emoções
faz-me reviver...
Sinto o doce
do perfume
em meus lábios  a exalar
a  essência de meu amor...
Sinto a  presença dele aqui--
envolvido
consumido
entregue
em meus braços
a me desejar.
A lua  me fita
A camisola de fitas
Fria...
Fico a imaginar...
Que vento o carregou?
Em que estrela foi habitar?


Benvinda Palma

Bemtevi
Enviado por Bemtevi em 01/03/2007
Código do texto: T397943

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Bemtevi
Londrina - Paraná - Brasil
3013 textos (233782 leituras)
1 áudios (68 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 17:13)
Bemtevi