Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MINHA CHAMA

Rasgo o horizonte para além do tempo...
E encontro-te
Não sei...se á espera que te encontrasse
Acendeste a chama
Apagada dentro de mim
Deste a este já gasto archote carcomido…
Força, e alento
Como a tua amizade, e carinho
Acendeste em mim… a chama do amor
Que agora arde...vigorosamente
Porém...
Essa chama incandescente
Não conseguiu acender em ti
Esse fogo, esse calor…
Que arde apenas dentro de ti
Em lume brando
Menos vigorosa, menos intensa
Mas a chama do meu amor
Há-de incendiar-te
Queimar-te as entranhas do teu ser
Que a força do meu amor
Te dê a ti força!
Para que um dia…
Me possas também amar, tal quanto eu
Não sei quando! Não sei onde!
Só sei meu amor…que te amo.
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 02/03/2007
Código do texto: T398586

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 68 anos
373 textos (28401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 00:03)
Mário Margaride