Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE


Hoje, não quero sons falsos de alegria
que ocultem o que de verdade há em mim,
nem a luz fugidia que ontem me cobria
e escondia sorrateira, o princípio do fim!

Hoje é recomeço! Um novo sonho vou trançar
sem o flamejar dos metais fúteis da vaidade!
Hoje, no crepúsculo da poesia irei despertar
sem chorar sobre os sóis foscos da saudade!

Hoje o primeiro verso no ventre da esperança
há de eternizar um tempo em serenidade...
Nem tento apagar do passado à lembrança,
pois ontem, enquanto vida foi eternidade!

Hoje e ontem o mesmo amor é minha bagagem!
Entre estações de esperas, prossigo viagem...


2013

Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 05/01/2013
Reeditado em 05/01/2013
Código do texto: T4068501
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (66131 leituras)
3 e-livros (573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 05:02)
Anna Peralva