Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO SER QUE ESPERO

Pedir para que não vá
Não vai adiantar
Implorar para que fique
É atestar minha burrice

Não há mais o que fazer
A não ser lhe dizer
Que tudo o que fiz
Foi no intuito de lhe fazer feliz

Se tua felicidade comigo não está
Vá pelo mundo por ela procurar
Ficarei aqui aguardando
Quem sabe você acaba voltando

Mas se isso não acontecer
Seguirei a minha sina
Tenho muito ainda o que viver
Aprendendo que vida é escola e ensina

Um dia alguém aparecerá
Do nada, de lá ou de cá...
E entregarei meu amor sincero
A esse ser que a tanto espero...
LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 12/03/2007
Código do texto: T410058


Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
526 textos (106245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 12:31)
LoucaporPoesia