Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Sentimento

Tal, qual o vento...
Meu pensamento se propaga
Em versos soltos,
Palavras plenas...só palavras
Por estes tempos de embriagues
De sentimentos
Poemas vis,
Que não deviam despertar...
Só por você

Conjuro os magos,
Que me dêem forças e poções
Talvez alento
Libertem minhas emoções
E o pensamento
Cativas frases que deslumbram...
Teu sorriso

Espáduas nuas,
Mão de constante afago
Olhos vibrantes
Cor fulgurante que trago
Sob aquarela, céu estrelado...
Quimera – ser meu e dela –

Umbroso o peito
Ser infeliz, eleito
Deste querer finito
Efêmero, porém bonito
Galharda moça...
Que cativo faz-me

Já sou tão livre,
Mas prendo-me em teus laços
Calor dos teus abraços...
Utopia que criei em mim
Feito vela finda
O sentimento errôneo
E sobre tudo pergunto-me;
Se terá mesmo fim.
Moisés Lopes
Enviado por Moisés Lopes em 13/03/2007
Código do texto: T410804
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Moisés Lopes
Curitiba - Paraná - Brasil, 36 anos
305 textos (13737 leituras)
2 áudios (143 audições)
1 e-livros (71 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 10:27)
Moisés Lopes