Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nasceste em Mim

Nasceste furtivamente no meu interior...
Te concebi na minha mente,
Te criei nas pulsações das minhas veias,
Te construi em cada renovar das minhas células,
Te fortaleci substancialmente no meu seio!
Deglutiste em porções suaves a minha placenta,
E tomastes forma,
Viveste,
Cresceste,
Agigantaste...
Dei-te fibras férteis,
E as enlacaste no meu corpo,
Aprisionando-me...
Inspiro-te e transpiro-te a todo instante:
És vida!
Portanto continuas...
Continuas dentro de mim,
Absorvendo-me!
E ao mesmo tempo libertando-me.
És o amor;
A inflar os pulmões cansados,
Com o oxigênio que se faz necessário à vida.
És o renovar constante,
És a certeza de um existir mais forte.
Por isso continuo...
Sou constantemente ativada,
Nunca morro de todo!
E nao permito que morras;
A todo instante te ativo.
Somos eternos;
Morremos e nascemos a cada momento,
No profundo existir de nós mesmos.
Somos únicos!
Somos como as pedras que existem,
Mas não se constróem;
Se fizeram construídas...
Sou placenta viva que envolve e alimenta.
És útero fértil e ativo,
Que não permite o morrer definitivo.
Portanto, somos únicos,
Somos eternos!



Anamaria Pitangueira
Anacondinha
Enviado por Anacondinha em 14/03/2007
Código do texto: T412338


Comentários

Sobre a autora
Anacondinha
Alemanha
26 textos (1205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 07:37)
Anacondinha