Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PORTO-LUAR

Lancei o meu barco no mar...
Naveguei por mares perdidos...
Oceanos desconhecidos,
Calmarias e tempestades, passei.
Na eminência da busca, remei.
Contra maré, maremotos, não sei.
Eu queria mesmo encontrar
O amor, que sabia, me esperar.
Muitas aguas e milhas vencí.
Navegando incansável, eu ví
No horizonte, a linha do mar.
E transpondo a linha, cheguei.
Em terra, quase firme, parei.
Era um porto chamado "Luar".
"Ele" estava em pé me esperando,
Com ansiedade no peito portando,
E um brilho nos olhos radiando.
Uma espera sem tempo e sem dôr,
O que procurávamos era o amor.
Ancorei o meu barco no porto,
E num beijo abraçando seu corpo,
Maresia na noite à pairar,
Nos amamos no Porto-Luar...

(dedico este poema, ao poeta que ocupa
 o meu coração)


PURA PÉROLA
Enviado por PURA PÉROLA em 17/03/2007
Reeditado em 17/03/2007
Código do texto: T416381


Comentários

Sobre a autora
PURA PÉROLA
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 58 anos
762 textos (45019 leituras)
3 e-livros (270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 04:30)
PURA PÉROLA