Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

História

Tenho toda a história na cabeça
Mas não consigo contá-la.
A bela heroína parece não entender
Que sem ela será apenas uma ficção.

Só queria escrever o nosso romance
Contar ao futuro sobre um apaixonado presente,
E parar o mundo num passado distante
Ao sentir a energia desse amor sem precedente.

Como seria bom se eu pudesse te esperar...
Mas como te fazer me amar? Nem sabes que existo!
Todos os dias meus olhos buscam ávidos pelos teus,
E todos os dias teu olhar atravessa-me e não me vê.

Imaginas como doem essas setas envenenadas pelo descaso??
E a minha alma? Que ao vê-la ilumina-se em pura emoção,
Para depois apagar-se em cacos negros de desilusão.

Mas... não posso culpá-la por não corresponder
A um sentimento que nem ao menos sabe existir.

Como é possível sentir-se o mais ínfimo dos seres
Suportando a maior de todas as dores: a rejeição?
Como posso insistir em continuar a viver,
Se "minha vida" nem ao menos nota que é ELA
                              a minha vida?
DEMIAN
Enviado por DEMIAN em 04/04/2007
Código do texto: T437054
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DEMIAN
Guarapuava - Paraná - Brasil
38 textos (3865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/19 05:53)
DEMIAN