Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A formiga falante

Apaixonados...
os colibris se embriagam co'o néctar das flores,
o arco-íris se afoga no mar,
as borboletas se desembestam a voar,
quase rompem o manto do céu, os condores,

nos jardins,
as orquídeas se põem a desabrochar;
enquanto em mim,
a paixão é um mosaico de saudades e poesias e rubores.

Apaixonados...
os poetas criam obras célebres,
alguns aracnídeos tecem teias maravilhosas,
os joões-de-barros até edificam prédios,
explodem em multicores botões as rosas;

quanto a mim, sinto-me fora de órbita.

Apaixonado, o sol torna os dias grandes
inconsciente de que as noites curtas
distanciam-no da beleza da lua;
já em mim renascem as figuras de Dante.

E dentro de mim a formiga falante...
Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 09/08/2013
Código do texto: T4426875
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
147 textos (4947 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 01:28)