Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No espelho das águas


Este fim de tarde...
Sentei-me, à beira da praia.
Para esperar, o anoitecer.
E conversar com a lua...
E saber, o que esta acontecendo.
Pois me sinto triste, sem saber porque.
Por isso espero a lua chegar
Na esperança que ela me diga
O que devo fazer no momento.
A lua não chega, esta atrasada.
Começa a esfriar, a onda se aproxima.
Mansamente beija meus pés.
Então, eu vejo a lua que calmamente.
Faz sua aparição, por de traz das dunas.
Sua imagem se reflete, no espelho das águas.
Deixando minha praia mais bela, e convidativa.
Seus raios prateados acariciam meu corpo.
Fazendo-me esquecer, o que vim fazer.
As perguntas eu não fiz, fazer pra que.
Pois foi a lua quem me chamou, para assistir.
Sua beleza a desfilar, na passarela do universo!


                                    Volnei Braga

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 03/09/2005
Código do texto: T47391
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (154823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/06/20 06:41)
Volnei Rijo Braga