Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU AMOR ESCONDIDO

MEU AMOR ESCONDIDO

Esse quadro de alegria
que no meu rosto pinto,
esconDe a tristeza
que no meu peito sinto.
Jamais pensei quE um dia
essa dor de amor eu sofreria.
A diferença que o tempo pôs
entre o meu nascimento e o teu,
quatorze anos, não atrapalham,
já és uma mulher e muito Bela, até demais.
Mas ficO sempre na dúvida
se teu sentimento compartilha com o meu.
SeRá que eu só percebo o que quero ver?
Ai! Que felicidAde me daria,
se com esse teu olHar tão doce,
e o beijo com que eu ando sonhando
o tEu corpo e tua alma me entregasses um dia.
Menina, tU és tão linda!
Esses Teus cabelos cheios de anéis,
os olhos cor de mEl e a boca perfeita
são a minha tentação, minha perdição.
Vou ficar alimentando a esperança,
a vida dá tAntas voltas, não é mesmo?
Então você fica aqui, bem querida,
para sempre no meu peito eu te finco,
vou deixar o teMpo correr e a vida nos levar
quem sabe um dia vou reviver
todo esse amor que eu tenho agora
no ano mil novecentOs e oitenta e cinco.


PUBLICADO NA ANTOLOGIA POEMAS DEDICADOS EDIÇÃO 2007 - OUTUBRO DE 2007-CÂMARA BRASILEIRA DE JOVENS ESCRITORES - RIO DE JANEIRO


Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 22/09/2005
Reeditado em 13/02/2008
Código do texto: T52742


Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
718 textos (54967 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/07/20 21:32)
Mario Rezende