Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como gatos no colo

Ela era tão linda, doce, meiga, simpática, apaixonante...
linda (de novo, porque não era uma beleza qualquer);
que me sentia tolhido de lhe dizer “não” a qualquer coisa.
Ela somava todas as heroínas românticas conhecidas.
Ela era a senhora do mundo...
Negar-lhe qualquer coisa seria como expulsar do colo
um gato que subiu de livre espontânea vontade.
Gatos, geralmente, não sobem espontaneamente no colo:
são reservados e independentes;
quando sobem, é um evento tão especial no universo,
que, por mais que precisemos levantar e sair, não saímos...

Ela era um evento especial no universo.
Saulo Pessato
Enviado por Saulo Pessato em 10/10/2015
Código do texto: T5410668
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Saulo Pessato
Campinas - São Paulo - Brasil
2835 textos (65567 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 05:40)
Saulo Pessato