Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

um dia a gente aprende que só se pode amar no outro

um dia a gente aprende que só se pode amar no outro

um dia a gente aprende que amar vale a vida que somos e o mundo com amor é maravilhoso.

um dia a gente aprende que saciar a sede é beber um copo com água às pressas e a sede se satisfaz inodora, insípida e incolor.

um dia a gente aprende que saciar o amor, é saborear as nuances nos pequenos detalhes, no desvendar dos aromas, nas variantes das cores de um único e raro vinho, de um único e raro amor.

um dia a gente aprende a intimidade no olhar, no cintilar do brilho das pupilas dilatadas.
a emoção revelar-se da cumplicidade de sermos íntimos de um único estarmos nus de vaidades e transpirando na pele um nobre sentimento.

um dia a gente aprende que o medo de amar é ser duplamente infeliz. é sermos e condenarmos no outro à infelicidade de não poder amar o outro em vida e não poder ser amada pelo outro amor. e que só se aprende a amar quando o amor é correspondido.

um dia a gente aprende que adorar exige amor, devoção, honra e respeito em todas as aceitações das perfeitas imperfeições do outro. o amar aceita e valoriza todos os sinais do tempo, do alerta das rugas e das manchas de sol.

um dia a gente aprende a curvar-se com reverência e dedicar-se com apreço num beijo nos pés da única amada. e que por ser a única amada, se reconhecerá em ser a única majestade de um amor.

um dia a gente aprende que a realidade é o que somos e pelo que valemos ser diante de um raro amor. ao entregarmos nossos corpos um ao outro, é saber que tanto um e o outro, devolveremos nossos corpos à vida. e daremos graças pela vida que nos consagrou com amor.

um dia a gente aprende que amar-se é o amor no outro e que o mundo sempre foi maravilhoso.

um dia a gente aprende que a vida finda e, das mil variantes do amor, só amar nos eterniza e tudo que é efêmero passa.

um dia a gente aprende a amar-se um no outro para sermos felizes. muito além de um estado de espírito, sem amar-se no outro não se está permitindo abrir-se à felicidade.

um dia a gente aprende que só se pode amar no outro para ser amado, para que o outro ser nos ensine o que é o amor. e que ninguém se ama, mas tem uma boa ideia de si, pois o amor é o sentimento que se transfere e acontece no outro e quando o outro tem amor por ti.

um dia a gente aprende, com o tempo de vida, a se eternizar no amor. que pior que o medo de morrer, é ter medo de amar, é ter medo de viver e não viver o amor. só se morre mil vezes quem não se viveu num amor. mas, se amas que seja num único e raro, que seja na plenitude de um amor verdadeiro.

um dia a gente aprende, que pior que morrer, é não viver, é não ter aprendido a amar-se no outro em vida. pois ninguém morre de amor e, pelo contrário, vive-se num amor.
ter medo é não aprender a viver, é não aprender a amar e é não viver a vida com amor.

um dia a gente aprende que amar nunca poderá ser tarde demais.
~.~.~
música:
https://youtu.be/paTmA296g90
♫ Quando Fui Chuva♫ Maria Gadú & Luis Kiari♥
Maria Gadú
http://mariagadu.net/
Pra Ouvir -  Agenda/Contato -  Juntin -  Pra Ver
&
LUIS KIARI
http://luiskiari.com.br/
SOBRE  MÍDIAS  FOTOS  TRÊS  MÚSICAS VÍDEOS AGENDA BLOG CONTATO
~.~.~
imagem:
"Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia.
E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança." William Shakespeare
~.~.~
http://interludioepoesias.blogspot.com.br/2016/08/um-dia-gente-aprende-que-vai-poder-amar.html
neanther thals
Enviado por neanther thals em 07/08/2016
Reeditado em 07/08/2016
Código do texto: T5721923
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
neanther thals
São Paulo - São Paulo - Brasil
56 textos (1708 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 08:48)
neanther thals