Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pseudônimo: Meu Anjo

Talvez o tempo pare, para você entrar em minha vida
Crio fatos e me perdo em teus abraços,
Deixe a porta aberta
Mesmo se for sair, mas volte logo, posso sentir saudades dos Detalhes, momentos.

O teu encanto, me comove, me faz amar
Encontro a paz e posso sonhar.
Sou um verdadeiro poeta em busca de um tema, de um sonho
E você é assim, meu bem querer, meu anjo.

E quando você vai embora encontro a solidão
Que só volta a passar quando no outro dia te vejo chegar
Por isso corro contra o tempo, para sempre te encantar
Com meus versos, com minha saudade e minha paixão.

Sou assim, simples, dinâmico, um livro aberto
Um conteúdo a procura de um bom leitor, de um grande amor
Assim com a certeza de te encontrar, desenho, rimo e vivo,
Sou assim, meu amor, minha vida, minha flor.

E com tantos pseudônimos, vejo que o meu poema não tem sentido,
E que meus versos mesmos puros, procura o teu abrigo,
Seja esse perto ou longe, ou mesmo um abismo,
Entrego-te o meu coração ferido.
Tonny César
Enviado por Tonny César em 15/08/2007
Código do texto: T609109
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tonny César
Dom Expedito Lopes - Piauí - Brasil, 30 anos
40 textos (2495 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 03:25)
Tonny César