Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DISTÂNCIA CASTIGA

A distância castiga, mas inspira
Este meu coração que sofre tanto
E embora dê corda à minha lira
A saudade é a causa do meu pranto

Se eu pudesse, ó flor da natureza,
Instalava o meu canto em teu jardim
E ficava bebendo a beleza
Que de ti se desprende, querubim

A distância maltrata e me condena
A viver este canto infinito
A sonhar com teu cheiro, ó verbena
Sem sentir tua voz, sorriso, dito...

Ah, tu não sabes, querida, a aflição
Que é viver bem distante do olhar
Da mais bela das flores – sedução
Com o verso buscando p’ra te amar
Sander Lee
Enviado por Sander Lee em 10/01/2018
Código do texto: T6221920
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Sander Lee
João Pessoa - Paraíba - Brasil
1593 textos (65481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 07:01)
Sander Lee