Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando precisei


 Quando precisei de um bálsamo
Para acalmar as dores físicas
Nas feridas marcadas
No meu corpo, pela vida
Foram tuas mãos  que chegaram
Suaves como pétalas de rosas
Fazendo carinhos em mim...
E não foram audaciosas
Nem tão pouco atrevidas
Foram somente carinhosas
Querendo somente deixar
Na suavidade do toque
Uma lembrança que seria
De um amor de verdade
E não precisou de muitas doses
Desse amor que me passastes
Para que meu corpo se curasse
Das cicatrizes que ainda sangravam
E aos poucos as marcas se dissipavam
Substituídas por pétalas
Suaves que teus dedos soltavam
Em cada toque que fazias
Nesse corpo que te queria
E tanto de ti precisava
E tu, sem  nem mesmo sentir
Que as dores em mim curavas
Simplesmente ias aos poucos
Se ausentando de mim...
Mas...talvez por não perceberes
Quanto de ti eu precisava ...
E hoje somente lembranças
Dos momentos de ternura
Vividos pelas tuas mãos
Que talvez por algumas vezes
Tenham até me desejado,
Mas não conseguiram entender
Que o que eu realmente queria
Não era uma simples massagem
Para a cura de uma dor física
E sim um toque onde sua alma
Pudesse reconhecer na minha
O caminho da felicidade ...

MARIA CÉLIA PINHO
14/01/2018
Direitos autorais reservados
Célia (MALINE)
Enviado por Célia (MALINE) em 14/01/2018
Código do texto: T6226285
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Célia (MALINE)
Itupeva - São Paulo - Brasil
510 textos (9609 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 12:52)
Célia (MALINE)