Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Patrão

São 18 anos de luta

É um Deus nos acuda,

Só um coração forte aguenta

Esse excessivo vendaval


Nunca pensei em ser réu

No tribunal do amor,

Mas na vida tudo é possível

E no destino não há doutor.


O regime é alta segurança

E o vigia não se cansa,

Mas a prepotência e a ignorância

Aplica o castigo a quem se cansa.


Muito custa, a rédea curta

Na sensibilidade da força bruta,

Que com sabor pratica a tortura

Oferecendo a cura com o terror.


Seu prazer é fazer sofrer

Sem o coração corresponder

O amor transpira rancor

E o seu lazer é a guerra…

Ulisses Maia
Enviado por Ulisses Maia em 25/08/2007
Reeditado em 25/08/2007
Código do texto: T623406

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Transferencia Bancaria para uma conta a indicar por mim.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses Maia
Luanda - Luanda - Angola, 54 anos
903 textos (71568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 19:09)
Ulisses Maia