Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÓS..Dueto ...SÓ VOCÊ...Cleide Canton

De repente, me vi sozinho,
muito mais do que sempre estive,
por isso sai, e no meu jardim
passei a procurar por mim, por nós...
 
Não me encontrei, não me vi
em teus braços como desejei, e as flores que
a princípio tentaram me consolar,
passaram a chorar, como associando-se
ao meu pranto.
 
Assim, vagueando pelo tempo,
vivi o nosso tempo, o mesmo que
ainda palpita no meu peito, como
se fora aquela vez primeira, quando
te entreguei o meu amor, pra viver
sozinho como agora estou...
 
 
 
SÓ VOCÊ


 
Debalde te chamei por tantas vezes
e perdeu-se o meu grito sem respostas...
É que havia todo um tempo diferente
entre meus sonhos e tuas propostas.
 
E perderam-se os braços em abraços
n'outros rumos que não foram desejados,
entre flores testemunhas de fracassos,
tão chorosas em apelos malfadados.
 
Não te vi, não me viste, nos perdemos
em caminhos bloqueados, divergentes...
Só nos resta a saudade que sabemos
escondida nestes versos confluentes.
 
 

 
 
 

   


Wil
Enviado por Wil em 27/08/2007
Código do texto: T625955
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2775 textos (86325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 12:01)
Wil