Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caio

Caio como folha no Outono.
Caio indomável perto do sol.

Solta-se dos olhos a alegria.
Caio de amor e sou o vento
que se espalha nos vales.
 
Em delírio, prendo-me com a força
dos rios que passam e abrigam-me
nas margens.

Na cumplicidade do tempo,
entrego-me com beijos leves...
e danço no Lago dos Cisnes.
 
Busco rosas e relvas
onde caio de amor
por ti.






Pedro Porta
Enviado por Pedro Porta em 06/03/2018
Reeditado em 09/03/2018
Código do texto: T6272671
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Porta
Campinas - São Paulo - Brasil
194 textos (2206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/19 10:12)
Pedro Porta