Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTIGO AMOR

Saudades,do tempo da lamparina,
do nosso namoro na esquina,
de nosso radinho,a bateria.
Não tinha ainda,a pilha alcalina
acho que nem a cera parquetina,
mas nosso amor,ja existia.

Voce ja era,um amor de menina,
era minha poderosa vitamina,
que deixava,minha alma em alegria.
Nunca precisei tomar uma aspirina,
me sentia com mais força que turbina,
sua presença,era tudo que queria.

Seu olhar,qualquer dor elimina
junto dela,dispenso a coristina,
ainda continua,como foi um dia...
Tive sorte,acho que era a sina,
ter encontrado Felisbina
ate hoje,vivemos em harmonia...

E minha doçura,minha sacarina,
na hora do calor,minha piscina,
ela e minha adorada companhia.
Me deu Julieta e Placedina,
e a estrela que me ilumina
sou o melão,ela a melancia...
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 30/08/2007
Código do texto: T631029
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2611 textos (231132 leituras)
31 e-livros (2316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 02:29)
GIL DE OLIVE