Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca mais.



Meu coração se faz triste e inquieto,
Por contemplar tua bela face,
Escondendo no sorriso o disfarce,
Deste aedo peito inseguro e irrequieto.

O meu tão difuso enlace,
Versando entre o errado e o certo,
Consternados versos do dizer incerto,
Que a razão tão duramente rechace.

Sabes que eu a amo ainda mais,
E dentro de mim uma canção a dizer-me,
" De sofrer poeta... Nunca mais ".

Certamente poucos conseguiram entender,
Estes versos gritando entre as demais,
"Te esquecer meu anjo ledo... Nunca mais".


Macedo Pena
Enviado por Macedo Pena em 17/04/2018
Código do texto: T6310939
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Macedo Pena
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 36 anos
336 textos (5691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/07/18 05:48)
Macedo Pena