Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde se refugiou o meu lobo...

Maria Antônia Canavezi Scarpa

Onde está o meu lobo das estepes
que me deixou tão taciturna quanto sua ausência,
ao me abandonar furtiva, para suportar sozinha
as adversidades dessa solidão
onde adormecem os meus desejos e os meu atos?
 
Onde está o homem, que me acordou
para as pradarias imensas
em que pudemos correr e desbravamos juntos
cada centímetro das suas belezas,
que me disse serem áridas, na minha ausência?

Onde está a criatura, que sorrateira
me levou a loucura com seu uivo brando
quando suas garras afiadas rasgaram as minhas entranhas,
expondo-as dilaceradas, depois de serem exploradas,
com tanta urgência, para aplacar
sua sede e fome de amor?

Onde se escondeu esse ser que em segundos
depois de anos e anos de espera
satisfez todos os meus anseios,
desvendou todos os meus mais íntimos  segredos
ao sugar todas as minhas forças
com seu voraz toque, acariciando o meu corpo inteiro?

Onde está você, meu animal feroz
que ao me morder faminto,
foi me deixando letárgica e lasciva,
querendo muito mais do que me deixou...
e ao nos separarmos por breves segundos, bramiu,
que já estava com saudades de mim?
Tília Cheirosa
Enviado por Tília Cheirosa em 01/09/2007
Código do texto: T634473

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tília Cheirosa
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 64 anos
220 textos (12236 leituras)
1 e-livros (62 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 05:12)
Tília Cheirosa