Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Circo & fantasia

Agora palhaço, que o circo chegou ao fim
Que as luzes se apagaram, o que faço
Para sobreviver sob a tua alegria?
O que faço com este rosto carregado
De desgosto que dói dentro de mim?

Dê-me a resposta,  palhaço, caso tenha,
Não tendes me enganar com essa beleza
Desdenha.

Agora palhaço que já não estas
Mais no palco, sujo da poeira do chão e só tens
A cor da noite pintada  no coração,
O que faço  com essa paixão?

Agora, palhaço, que te empurraram ao picadeiro
Da solidão, das ruas desertas de dispersa  multidão,
Onde a razão sobrepõe a mais doce emoção.

Onde está à resposta aos que fecharam
As portas à tua alegria. Sorria, a vida é bela e tua máscara
Virá à tona um dia.

A tarde caiu, o circo sumiu e tu és mera
Ilusão no meu sonho de criança, que cheia de esperança
Vai apalpando de olhar soslaio minha doce lembrança
Agora, palhaço, deixa sangrar no peito essa tenra magia,
E vamos a luta que vai surgir um novo dia.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 03/09/2007
Reeditado em 03/09/2007
Código do texto: T636220
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3210 textos (83154 leituras)
2 e-livros (439 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 09:12)
R J Cardoso

Site do Escritor