Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS LÁBIOS DOCES DO AMOR

Desatento que eu sou
Não percebi que ela me olhou
Com olhos de amor.

Eu achava que era amizade
Mas para minha felicidade
Ela disse: "Passei a amar-te!"

E para ser sincero
Eu confesso:
Também a quero!

E sempre a amei
Porém, nada lhe falei.
"Ela só quer minha amizade" - pensei.

Porém, agora, somos felizes juntos;
E ambos construímos nosso próprio mundo
Com sonhos, carinho e sobretudo

Muito amor. Ela tímida, corou;
Quando eu te amo! ela falou
E beijei teus lábios doces do amor.




Poeta imaginário
Enviado por Poeta imaginário em 12/07/2018
Código do texto: T6387809
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta imaginário
São Paulo - São Paulo - Brasil
993 textos (12183 leituras)
8 áudios (114 audições)
4 e-livros (60 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/18 10:53)
Poeta imaginário