Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A insustentável delicadeza do desejo

Até te desejar...
Percorri caminhos fugitivos, sequiosos do vento da madrugada,
E desabriguei o meu entusiasmo num profundo e cristalino contorno nocturno...

Quando te estremeci...
Em teu corpo e ao teu riso bailarino
Em silêncio a melancolia se consumiu.

E soltaste...
Numa suavidade distante e delicada,
Com os cabelos soltos das ruas de uma cidade singular...

Quando te desvendo...
Abandono-me ao perfume de uma estrela rubente
Onde algures o teu sorriso trémulo
Se entrelaça com um gozo primaveril...

Desejando-te
Em murmúrios infinitos...
E querer saber loucamente cantar, como tu,
As verdades de um amor companheiro do desejo...

Desejando-te...
Marejando em verbena na imensa mansidão de um fruto tropical
Que ali na mesa que estremece divide o seu repouso
Com as luzes secretas de uma vela dançante
E com a cadência sonora de uma voz com sotaque...

E depois
Busquei-te eternamente mulher,
Como rosa intocável,
Sabendo que
A insustentável delicadeza do desejo
Nasce do beijo com que o mar desprende as areias

E, depois,
Respirar
A fertilidade do teu olhar escondido,
Partilhando a cumplicidade das sombras ondulantes
Pelo espelho da noite com que de perto gratifica a unidade...
Circundar
A convergência húmida e abandonada dos corpos...
Conjuntos...
Como pomos desdobrados ao calor repenicado e aconchegante do vale de espumas...
E, afinal,
Adormecer...
... ao som tranquilo da íris da parede brilhante...

E, afinal,
Saber que
O Querer e o Desejo não se escrevem...
        persistem...

        em

cÂNTICo
aTLANTe
(DIONÍSIO VILA MAIOR, in "Cântico Atlante", Coimbra, Pé de Página Editores)
DC
Enviado por DC em 07/09/2007
Código do texto: T642923

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DC
Portugal
16 textos (548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 00:45)
DC