Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amor 46

curioso como salvar um amor
com dezenas de figuras que passam
neste impressionante romance
é como se ela não andasse
com suas próprias pernas
sua fala se mostra cansada
como frisos do romance soturno
mesmo sendo eu problemático
quero escabar do cerco dos aliados
nutre de uma paixão incestuosa
nas horas perdidas é igual a outra
nada mas falso e furioso das facetas
até as mas horríveis história de amor
é tão indispensável em nossa vida
pode ter matado as vezes o meu coração
tudo isso com vexaminoso prazer
é como se o prazer de agir combinasse
como um terrível horror da noite
as benevolentes deusas gregas vingadoras
quando decepou o pénis do seu amado
salpicos de sangue caidos sobre a terra
os respingo no amar surgiu o amor
sua culpa é a de quem agiu
mas a de quem amou sem prazer
desisto malditos olhos com este belo cabelo
corre o risco de perde o coração
ao pegar-se dentro da mente
sedutora do carrasco chamado paixão
deste observador deste inferno
Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 10/09/2007
Código do texto: T646104
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
632 textos (25412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 17:42)
Edilley Possente