Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENTIRAS DE AMOR

Eu minto que te quero
e tu bem que acreditas
Te engano com boleros
e logo calas ou gritas
 
Vivo cantando fado
tocando muitas liras
Em teu amor guardado
tu gemes e deliras
 
Sussurro que te espero
teus olhos logo brilham
e assim não desespero
com votos que cintilam
 
Se isto é uma conquista
e ao meu amor te atiras,
afirma-te masoquista
e crês nas minhas mentiras

Fernando Tanajura
Enviado por Fernando Tanajura em 29/10/2005
Reeditado em 07/02/2011
Código do texto: T65085
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Fernando Tanajura
Estados Unidos
1631 textos (163292 leituras)
1 e-livros (179 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 20:03)
Fernando Tanajura