Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINGRANDO OS MARES DO AMOR

Singro mares de revezes
no meu veleiro do amor
acerto ou erro às vezes
alegro-me ou sinto dor

Navegando em mil teses
buscando me recompor
Singro mares de revezes
no meu veleiro do amor

E ainda que por vezes
m'acompanh'o dissabor
d'outras sinto-me leve.
Em meu veleiro do amor,
singro mares de revezes
.
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 14/09/2007
Reeditado em 14/01/2012
Código do texto: T652601
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 56 anos
3724 textos (730009 leituras)
95 áudios (13166 audições)
1 e-livros (278 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:02)
Jorge Linhaça