Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor da minha alma

Dor da minha alma
 
 
Não posso mais chorar,
não posso mais sorrir,
oh! Dor maldita,
rasgas a minha alma.
O amor é arte linda.
sentimento nobre,
onde só me importa
como tu, estas ...
O meu coração  sangra
oh! Dor maldita,
que rasgas a minha alma.
As lágrimas teimam,
rolam e caem
como se de rios tratassem,
aliviam a dor..
Pulsa o medo , angustia,
solidão trilhada em caminhos,
tortuosos e lamacento,
o que o amor faz..
A minha alma doi,
dor de vazio ,dor,
tanta dor que grito,
um grito no infinito.
Sem o teu amor ,
sem o teu carinho ,
não ver o teu sorriso
e esquecer o teu olhar ...
Passarei a ser um pássaro,
ferido , preso na gaiola ,
esperando pela partida,
talvez te reencontre ai ...
 

 
 
Betimartins
Enviado por Betimartins em 17/09/2007
Código do texto: T655707

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1699 textos (98203 leituras)
9 áudios (905 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:42)
Betimartins

Site do Escritor