Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE REPENTE

No entrave emocional em que
fomos envolvidos, acomodei
e conservei os efeitos bem guardados ,
nas profundezas de minhas saudades.

E se fui obrigado a descer tão
rápido do alto para baixo,não foi
sem razão, hoje passaste ao meu
lado sem me reconhecer.

Sabe, em um relance, observei
que está mais bonita, embora
com pálidos sorrisos, e olhares
perdidos como se estivesse
a procura de algo...

Parei para melhor provar
a visão daqueles gestos que
conheço bem. Parei sim, para
admirar seus cabelos hoje,
já grisalhos, até ouvi um suspiro, quiçá,
evidência de uma saudade.

De súbito despertei sem saber
por quanto tempo orbitei. E assim,
voltei ao tempo real
com a sensação gostosa de ter
abraçado com os olhos, quem sempre amei.








 


 
 

   





Wil
Enviado por Wil em 18/09/2007
Código do texto: T657537
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2775 textos (86326 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 00:50)
Wil