Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VÁ EMBORA

Tenho fome de resposta.
Sinto sede de justiça.
Não me olhe como
se quisesse vir atrás de mim.

Cale a boca, não julgue
sem conhecer o que de mais
profundo ainda resta.
Tendo perdido o poder,
a culpa não foi minha.

É tarde, não quero
ser infeliz até o fim.
A revolta é grande
quando aceitei você assim.

Não sou a menina de ontem.
A mulher de hoje reina
dentro do meu eu.
Desculpe, vá embora.
Gildete Vieira Sá
Enviado por Gildete Vieira Sá em 19/09/2007
Código do texto: T659098
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gildete Vieira Sá
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1263 textos (28403 leituras)
1 e-livros (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 23:41)
Gildete Vieira Sá