Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu primeiro amor!

Primeiro amor!


Quisera amar-te mas tenho medo
Porque consagro no meu peito a dor
Eu fui traída por um jovem falso
A quem consagrei-me meu primeiro amor!

Amei-o tanto, foi amor de louca
E como prova, tinha crença e fé
Nunca pensei que amor de homem
Fosse tão fingindo como foi e é.

Ainda hei de vê-lo arrependido
Deitando lágrimas como eu deitei
Daí então te direi sorrindo:
“Rapaz fingido nunca te amei!”


Deborah Portela
Enviado por Deborah Portela em 20/09/2007
Código do texto: T661123

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deborah Portela
Matelândia - Paraná - Brasil, 44 anos
43 textos (2719 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 22:47)
Deborah Portela