Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se você soubesse como
sinto sua alma
Esse jeito meio tosco,
num vislumbre fosco...
Tão sagaz que acalma...
Mas a sós é um doce
Vejo como se ternura fosse..
Mas infelizmente o amor
Deixa-me boba, desabrocha como flor...
Provoca-me loucura
Acabo fazendo asneira
te avisei dessa fissura...
Que precisava ser o
centro da relação
Pois aqui só rola paixão
Não quero saber dos seus problemas, só do tesão...
Só queria você POR INTEIRO...
Intelecto, espírito, gosto e cheiro...
Sem mentiras ou subterfúgios,
Um relacionamento
Sem amarras, sem marras...
Mas de corpo e alma
Sem meias verdades,
com muita vontade..
Sofro com a falta de
seus beijos,
Voce está nos meus secretos desejos...
Sinto falta dos doces e
terrnos abraços...
Nosso papo olho no olho
Adoro quando você se excita, como estivesse nos meus braços.
Ao passar por mim
Sinto seu corpo estremecer...
louco para me ter...
E sinto o mesmo prazer
Pena amor que você se foi,
tão depressa...
sem aquela conversa
Queria tanto ter com você..
Fazer o que?
Haverá outros amores
Outros beijos, outros tremores.

 
Penélope Lsteak
Enviado por Penélope Lsteak em 22/05/2019
Reeditado em 23/05/2019
Código do texto: T6654015
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Penélope Lsteak
São João da Boa Vista - São Paulo - Brasil
672 textos (59660 leituras)
6 e-livros (96 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 00:52)
Penélope Lsteak

Site do Escritor