Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EVIDÊNCIAS

Ainda lembro do sorriso dela.
Daquela menina, mulher madura,
por incrível que pareça inocente.
Passava sempre contente,
jovial e atraente.
Mexia comigo.Lá ficava
disfarçando as evidências.
Respirava malicioso aquela mulher.
Muitas vezes recatada, outras
ousada, atrevida.
Era assim que a queria.
O pensamento voava e ela dentro dele.
Virou meu talismã.
O briquedo mais bonito.
Como poderia ser passatempo
uma jóia preciosa dessa?
Não houve jeito de fazê-la minha.
A difícil criatura foi sumindo
de mansinho, não aceitou minha
proposta de carinho.
Gildete Vieira Sá
Enviado por Gildete Vieira Sá em 24/09/2007
Código do texto: T666163
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gildete Vieira Sá
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1263 textos (28407 leituras)
1 e-livros (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:55)
Gildete Vieira Sá