Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DE MINHA AMADA



Ah minha rosa tu és do campo a rainha,
Tu és a flor tão mimosa e tão querida,
Tu és senhora minha.

Choro saudade de você minha flor querida,
No mar, de noite e de dia, solitário e triste,
Nessa longa ausência que me oprime.

Mas quando eu já penso naqueles dias,
Que dias! Que lindo era o nosso amor.
Que eterno eram aqueles nossos momentos.

Em todo o instante que lembro o seu rosto,
o seu jeitinho meigo, essa paixão em meu peito
invade o mal em mim e tira tudo que não envolve a ti.

Digo-lhe dengosa, Nessa idade da paixão lasciva,
não existe um amor meu igual,
Porque te amo, e continuarei te amando mais e mais...
sergio carvalho
Enviado por sergio carvalho em 27/09/2007
Código do texto: T671582

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sergio carvalho
Salvador - Bahia - Brasil, 32 anos
133 textos (6819 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 02:21)
sergio carvalho