Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS FLORES DO AMOR RENASCERAM

O amor estava doente
resolveu enfim desabrochar
renasceu naquele coração
que parecia seco
e que não iria mais amar...

Aquele ser parecia "demente"
pensou: não quero amar
neste instante o tempo parou
vi você e algo modificou...

Era como se tivesse renascido
e a vida pediu passagem
resolveu eu vou ficar
vou viver um novo amor...

Mandei a tristeza embora
abri todas as janelas de meu coração
plantei novas sementes de esperança
abri os meus braços e plantei sorrisos

colhi abraços
calor humano
agora sou um novo ser
as cores de meu dia mudaram
as flores do amor desabrocharam...
MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 28/09/2007
Código do texto: T672272
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 66 anos
4776 textos (298706 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 11:20)
MÁRIO FEIJÓ