Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tua voz, minha salvação...

 

 

Ouço vozes, quando é noite, em minha cama fria...

 

Sussurros que atormentam minha paz, e que trazem agonia...

 

Ouço gritos, um choro inquietante, um gemido que clama, por alegria...

 

Sussurrante pesadelo, que se espalha pelo quarto, inteiro, castigando-me, com esta ofegante melancolia...

 

Ouço um canto, doce e envolvente, tua voz aos poucos, meu nome 'clamado', vozes agora se transformam, sussurrando em meu ouvido, ouço, 'te amo', lembre-se, caminharemos juntos, sempre, unidas num todo, nossas vidas...

 

Gildênio Fernandes

Gildênio Assis
Enviado por Gildênio Assis em 29/09/2007
Reeditado em 29/09/2007
Código do texto: T674030

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gildênio Assis
Itaú - Rio Grande do Norte - Brasil, 37 anos
785 textos (36097 leituras)
36 áudios (1464 audições)
3 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:49)
Gildênio Assis