Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fato

Horizontes de mim mesma
mudam a metáfora recém-construída.
Espelhos refletem a solidez estúpida
dos fatos que me cercam.
Ponte suspensa é minha alma.
Perigosa ponte sobre o precipício
dos meus profundos sentimentos.
Ordem inversa do que se deseja,
desperta tempestade ruidosa,
escondida no olhar.
Surge a periferia, que rodeia a vida,
suplanta incansavelmente a esperança.
O reboco sustenta a alegria antes vivida
(agora apenas lembrança),
enquanto o coração chora a melancolia
da sua presença acolhida
e repentinamente perdida.
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T675116

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
958 textos (31252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 22:08)
SueliFajardo