Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NEGA

Para Nadir, minha Nega Eterna
                                                                                 JANJÃO
Paixão dos trópicos
Conheci menina
Vinha da lida
E eu do ócio

Rainha Africana
Penetra meu corpo
Branco e Europeu
Ocupando o que é seu

Caminhar astuto
Olhar ousado
Decisão tranqüila
Humor apurado

Seu tempero
Envolve meu paladar
Atinjo o ápice
E voou para o infinito

Seios fartos
Sem garfos
Mergulho nas carnes
Macias e doce

Olhei e decidi
É com ela
Que vou viver
E morrer

Canto todo dia
Uma melodia
De tambores
Banto e altos

Sua magia
Me eterniza
No continente
Índio, negro e mestiço

Viver embolado
Em suas pernas
É como redescobrir
Angola e Senegal

Digo e redigo
Não Perco o fôlego
Tal qual um
Queniano corredor

Ela traduz
História de povos
Cultura dos pobres
Coragem de nobre

Ama-la é tudo
De bom
É elixir de vida
É conquistar País

Hum, quero beijar sua....................


dialetico
Enviado por dialetico em 02/10/2007
Código do texto: T676968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
dialetico
Limeira - São Paulo - Brasil, 55 anos
179 textos (9990 leituras)
8 áudios (326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 14:13)
dialetico