Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor, eu não encontrei...

Retiro-me, errante..eu erro e, estonteante
Fico pensante, entre um pólo e outro de meu quadrante
Ser importante na prosa do mundo inconstante
Deito em mim um levante a lugar algum...

Saio despida das raízes mortas, tão tortas
Pouco importa, sou retirante das terras distantes
O que penso nada importa, o que escrevo
Nem sei se devo ler ou profetizar...Devo amar
A alma imunda...bo’alma abunda...não afunda
Retiro-me destas plagas, deixando adeus sem mágoas
Saio de mim, não para habitar em ti...divaguei!

Meus versos soltos agregaram-se na multidão furiosa
Cansada do versejar correto.Não querem rima
Desejam ampliar suas sinas de dor, de dissabor

Vou embora, mas agora te dou minha mão
Segue-me...não quero ir solita, pois aflita
Não encontrarei amor...Quero a paz!
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 02/10/2007
Código do texto: T677971

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
11345 textos (924618 leituras)
16 áudios (8891 audições)
311 e-livros (34215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:32)
Denise Severgnini