Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para que não me deixes

Você enche o meu coração de alegria,
E ele se enche tanto de alegria que transborda pela minha boca.
Por minha vez, eu quero banhá-la em toda essa alegria,
Mas, no fim das contas, creio que acabei afogando-a.

Eu me sinto tão mal por estar feliz.
Tão mal, por ter sido arrebatado de tal forma.
Talvez, se eu estivesse um pouco triste,
Mas, eu abri mão de toda ela.

Eu me permiti voar um tanto alto demais
E ainda que eu tenha tentado pegar a sua mão,
O melhor seria eu ter ficado no chão,
E deixar que você me puxasse.

Eu poderia pedir que você não me deixasse,
Ainda que por um dia, ou por umas horas.
Encaro os ponteiros do relógio como se eles me devessem algo,
De minuto em minuto, eu consigo contar os suspiros que dou.

São os fantasmas que eu sinto se aproximar,
Eu sei que eu os criei, ninguém mais.
Novamente, eu sinto a falta do balsamo,
Então, algumas dores que havia esquecido como eram, retornam.

Entendi que o amor realmente pode cegar,
Uma fita azul foi colocada sobre meus olhos.
E eu não percebi o quanto eu poderia estar te sufocando
Peço perdão, e que não me deixes.
Henrique Fliehr
Enviado por Henrique Fliehr em 03/12/2019
Código do texto: T6809496
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique Fliehr
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
718 textos (9673 leituras)
5 áudios (103 audições)
8 e-livros (172 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 00:33)
Henrique Fliehr