Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As noites

As noites passam como se precisassem passar,
Não importa como eu esteja me sentindo,
Não importa os pensamentos que eu virei a ter.
As horas passam à medida que meu travesseiro se encharca.

As noites passam, uma após a outra,
Será possível, haver duas noites no mesmo dia?
Pois, meus pensamentos cobrem o sol que nasce,
Logo, já é noite novamente, querendo ou não.

Há tempos os meus olhos não seguem o luar,
A menos que esteja refletido na bebida.
Pela manhã, tudo não passa de retalhos de sonhos,
Sonhos com a sua presença, que tento esquecer.

Eu acompanho o teatro dos gatos,
Pensando que todos eles são mais felizes do que eu,
Pelo simples fato de não pensarem o mesmo que eu,
Pelo fato de não sentirem tanto quanto eu.

No decorrer da noite, eu evito olhar para o relógio.
As horas passarão e eu não terei de você, nada além de pensamentos.
Uma mensagem ou ligação beira a utopia.
Talvez, e tenha passado mais uma noite em claro, por acreditar demais.

As noites passam e continuam passando.
E o luar e os gatos e a bebida e os pensamentos.
E eu estarei no mesmo lugar,
Quem sabe chegue uma mensagem sua.
Henrique Fliehr
Enviado por Henrique Fliehr em 03/12/2019
Código do texto: T6809661
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Henrique Fliehr
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
735 textos (9872 leituras)
5 áudios (103 audições)
8 e-livros (173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 08:14)
Henrique Fliehr