Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Presa do passado



                                      05/10/07

Que faço agora
já não vejo as horas.
Tenho que sair por ai a fora,
mas meus movimentos
parecem estarem lentos.
Eu que era tão esperto.
Olho o sonho encoberto.
Deparo com a realidade
que a vida apresenta
mesmo que nada aparenta.
Você vem e senta
chega bem perto
fala dos seus problemas
das dificuldades
das algemas
que prende você
num mundo de pranto.
Fala que não é pra tanto
mais a lágrima
escorre pela sua face
molhando seu rosto.
Mostrando o exposto.
Na conversa que surgiu
ninguém mentiu.
Só falamos a verdade
da dura realidade.
Só um milagre
mudará o destino
do segundo repentino.
Que a vida lhe traçou
e você não abraçou.
Pensou numa segunda chance
talvez alcance
mas pra que esperar
se já esta a desesperar.
Será que ele vai voltar...



Ledemir Bertagnoli
Poeta Paulista
Enviado por Poeta Paulista em 05/10/2007
Código do texto: T681117
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Paulista
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 54 anos
439 textos (50690 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:43)
Poeta Paulista