Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTARDECER DAS CORES

Acima das casas,
alinhadas entre si,
vemos os parcos raios,
agrupados ao redor do sol,
enquanto a tarde,
alumiada por essas cores,
se entrega ao anoitecer.

Seus telhados vermelhos,
que refletem a comoção,
os olhos embebidos
nessa paisagem real,
mas que dista além,
como algo utópico,
e tão essencialmente belo.

Nada perde no encanto,
que os vidros dos vitraux,
e retidas em sua aspereza,
semelhando as escamas,
dalgum peixe de qualidade,
as cores luminosas,
como um belo par de olhos.

Às vezes esses reflexos,
tão belos que o real,
trazem-nos a proximidade,
que a distante ilustração,
inalcançável a dedos nus,
mas que as retinas apregoam,
retêm as imagens nos olhos próximos.

Esse irreal se desfaz,
à medida que a noite,
dentre as sombras escuras,
avança numa lentidão,
surpreendente, inimaginada,
mas que a prova concreta,
restabelece a amenidade,
solta em plena noite...

1.982
JOSE LINS
Enviado por JOSE LINS em 06/10/2007
Código do texto: T682641
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSE LINS
Lins - São Paulo - Brasil, 62 anos
499 textos (32229 leituras)
26 áudios (1988 audições)
4 e-livros (116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:34)
JOSE LINS