Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMA VAZIA

É madrugada.
Não consigo dormir.

A chuva cai de mansinho
Convidando a um aconchego.
Pedindo um amor
Para esquentar essa cama vazia.

Mas não há ninguém.
Só esperança
E vontade de amar.

Como se ainda existisse
Aquele amor tão sonhado.

Sufoca em pranto,
A cama continua vazia.
Gildete Vieira Sá
Enviado por Gildete Vieira Sá em 06/10/2007
Código do texto: T682809
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gildete Vieira Sá
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1262 textos (28382 leituras)
1 e-livros (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 09:26)
Gildete Vieira Sá